Home Sem categoria Pastor é indiciado por estupro de vulnerável e corrupção de menores em MT

Pastor é indiciado por estupro de vulnerável e corrupção de menores em MT

2 min read
0
0
104
Justino Ireno da Costa, de 53 anos, foi preso suspeito de abusar de 10 meninos, com idades entre 6 e 14 anos, que frequentavam uma igreja evangélica. “G1 MT”Por G1 MT”

O inquérito que investigava o pastor evangélico Justino Ireno da Costa, de 53 anos, foi concluído e relatado na sexta-feira (28).

O pastor foi indiciado por estupro de vulnerável e corrupção de menores, conforme o delegado Cláudio Alvares Sant’Ana, da Delegacia Especializada do Idoso, Criança e Adolescente (Deddica).

Justino foi preso no dia 28 de agosto suspeito de abusar de 10 meninos, com idades entre 6 e 14 anos, que frequentavam uma igreja no Bairro Mangabeira, em Várzea Grande, região metropolitana de Cuiabá.

De acordo com a Polícia Civil, sete vítimas foram confirmadas. A prisão de Justino, que era temporária, foi convertida em prisão preventiva.

Segundo o delegado, o suspeito negou os estupros, mas confessou que dava dinheiro aos meninos.

O crime foi descoberto depois que a mãe de duas das vítimas denunciou que os filhos eram abusados pelo pastor.

Outras crianças, vizinhos e testemunhas foram ouvidas pelo delegado.

Segundo a polícia, Justino está à disposição da justiça, que deve tomar as devidas providências.

Carregar mais artigos relacionados
Carregar mais por Sala de redação da ACAT
Carregar mais em Sem categoria

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

WordPress spam blocked by CleanTalk.

Verificar também

De dois mil carros de Uber, VG passará a ter 188 no máximo, diz secretário

A prefeita de Várzea Grande Lucimar Campos (DEM), enviou nesta terça-feira (11.12), à Câma…